domingo, 5 de setembro de 2010

frágil

Encosta de novo sua cabeça no meu ombro, prometo falar baixinho, deixar você mole, sussurrando canções, volta e sorri, que é a melhor vista que eu tive daqui. Meu melhor verso e a mais curta e dolorosa saudade desse lado da cidade.

2 comentários:

  1. Também quero um abraço assim...

    ResponderExcluir
  2. bom, mt bom esses encontros que já se perdem...

    ResponderExcluir